16/09/2013, 12h49

Por que a Azul não tem mais promoções?

Quando criamos este site, em 2009, a intenção era divulgar as diversas promoções que a Azul Linhas Aéreas Brasileiras criava, à época, já que era uma novata no mercado brasileiro e ainda voava para um número reduzido de rotas. Era muito fácil conseguir material para novos textos, pois as promoções eram bastante frequentes, assim como os códigos promocionais, que propiciavam diversos descontos vantajosos. Esse conceito da empresa era vanguardista e trouxe muita propaganda — e passageiros — para ela. Servia, em parte, para “compensar” o mercado paulistano pelo fato de ter de se deslocar até Campinas para poder voar pela empresa. Deu certo.

Entretanto, essa política começou a rarear. Já a partir da segunda metade de 2010, a maior parte de nossos textos tratava de novas rotas que passariam a ser servidas pela empresa. As promoções ficaram em segundo plano, apenas esporadicamente. Não que as rotas não tenham seu público, pois em textos sobre Paulo Afonso (que, até hoje, ainda não recebeu voos da Azul!) e Marília houve um bom envolvimento nos comentários de interessados. Mas é fato que as promoções sempre foram o que mais interessou aos nossos leitores nestes mais de quatro anos.

Pois bem, após a fusão da Azul com a Trip, até mesmo as notícias de novas rotas minguaram, já que a cia. aérea absorvida voava para diversos destinos que eram inéditos para a Azul. Pouco após a fusão, as empresas divulgavam que voavam para cem destinos. Agora, cerca de um ano depois, a possível adição de Três Lagoas, no Mato Grosso do Sul, seria apenas o 105.º destino atendido pela empresa. Não que haja muito mais que 105 aeroportos no Brasil em condições de receber voos regulares de uma empresa como a Azul, claro. É que, simplesmente, a malha não tem muito mais como crescer.

Assim, o que acontece? Sem rotas e sem promoções, a Azul some dos noticiários. É claro que a posição da empresa será a de que as promoções não acabaram. É bem possível que você, que está lendo este texto, tenha cadastrado seu endereço de email para receber mensagens da Azul. Estas não rarearam. No último sábado, mesmo, chegou mais uma delas, anunciando a “Tarifa Azul, o menor preço para quem compra com antecedência” e tinha trechos a partir de R$ 79,90. Mas é só ver os trechos em questão para perceber que são tarifas mais baratas que o normal, mas longe de ser aquele preço que salta aos olhos. Algo, aliás, em que a Azul era incrível, não faz muito tempo.

Nesse meio-tempo, a Gol e a Tam criaram as tais “megapromos”, englobando fins de semana, com preços realmente de saltar aos olhos, ainda que não fossem tão fáceis assim de se encontrar. A Azul? Nada. É compreensível que as tarifas tenham tido de subir nesses últimos quatro anos, em que a inflação deu uma galopada e os custos das empresas aéreas subiram, especialmente com a disparada do dólar. Também é compreensível que a Tam e a Gol tenham uma estrutura muito maior e que não são modelos de boa administração, como o noticiário recente sobre a situação financeira das duas comprova. Até por isso, talvez acompanhá-las nas megapromos não seja uma iniciativa que faça sentido para a Azul.

Mas o fato é que a vanguarda da Azul sumiu. Os descontos criativos, que vinham acompanhados de espaço na imprensa e grande repercussão nas redes sociais, sumiram. Códigos promocionais, para dar desconto na hora de concluir a compra? Também nunca mais foram divulgados. O Passaporte Azul, que também repercutia bastante, foi repetido com várias limitações e depois também não deu mais as caras. Até mesmo a página da Azul no Facebook, que trazia promoções pontuais (muitas delas repercutidas aqui), limita-se, hoje, a um oba-oba do tipo “Preparado para encarar mais uma semana?”, avisos sobre pontuação e as mesmas pseudopromoções anunciadas nos emails.

Assim, o material para este site foi rareando, e nem tem valido mais a pena publicar textos. Se não valem a pena, por que repercutir, não é, mesmo? Não é por acaso que este é o primeiro texto publicado aqui desde fevereiro.

Achou esta informação útil?

Siga-nos no Twitter Receba um e-mail sempre que o site for atualizado

Tags: .

Deixe um comentário

Atenção: Não respondemos a comentários por e-mail. Caso seu comentário seja respondido, você deve voltar a esta página para ler a resposta.

Spam Protection by WP-SpamFree



Sobre

Este site não é afiliado ou aprovado pela Azul Linhas Aéreas Brasileiras. O conteúdo é liberado em Creative Commons.
Web Analytics

RSS

Powered by WordPress.